Subscribe:

16 de agosto de 2013

Postura de manifestantes foi "preocupante", diz major



Oitenta militares foram designados para acompanhar a manifestação de ontem, de acordo com o major Alexandre Ávila, comandante do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque).

O comandante avaliou a postura dos manifestantes como “preocupante”, devido aos atos de depredação. Ele reconheceu que as reivindicações dos movimentos são legítimas, mas devem ocorrer “sem depredar patrimônio público e privado”.

“A manifestação (de ontem) foi desenhada para praticar atos de vandalismo. Não havia reivindicação clara. Havia a intenção nítida de fazer depredação e vandalismo. Por isso, o Choque teve que agir”, ressaltou Ávila.

No ato de ontem, três agências bancárias (duas do banco Itaú e uma do Bradesco), uma revenda de carros e uma perfumaria (localizados entre avenida Padre Antônio Tomás e rua Fonseca Lobo) foram depredados.

Cinco pessoas chegaram a ser detidas entre a rua Coronel Jucá e avenida Padre Antônio Tomás. Conforme o major, elas foram liberadas ainda no local, por não haver elementos justificassem prisões. Ninguém foi conduzido a delegacias, segundo Ávila. (Lusiana Freire)

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...